sábado, 29 de maio de 2010

Breno Viola para presidente da FBASD!


Eu não poderia ficar de fora desta campanha, então o post de hoje é dedicado a este grande atleta, pessoa incrível que tive o prazer de conhecer pessoalmente quando do 1º FRISCAP. Breno nos emocionou a todos com um discurso de improviso, levando muita gente às lágrimas.


Ele, que já trouxe ao país tantas vitórias, busca hoje alçar um voo ainda mais alto, a presidência da FBASD (Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down). Reproduzo abaixo o e-mail da Patrícia Almeida, onde ela lista alguns links para que possam conhecê-lo.

Breno, estou torcendo por você! Concordo em gênero, número e grau com o que a Patrícia e a Claudia falam. Não há ninguém mais indicado para ocupar este posto. Avante!

As minhas novidades ficam para depois... eu volto... ;)

Andréa

Caros,

Temos este ano uma grande oportunidade de avancar na direção da autonomia e auto-determinação das pessoas com deficiência intelectual nas eleições para presidente da FBASD, Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down.

Com o total apoio da presidente da FBASD, Claudia Grabois, Breno Viola lançou a sua candidatura à presidência entidade.

Pela primeira vez temos a chance de eleger um presidente com síndrome de Down que será exemplo para América Latina e o mundo.

A gestão que ainda vigora democratizou e promoveu a FBASD para associações, ativistas, entidades e governo, divulgando amplamente a organização em todo país.

Os dois últimos dias internacionais da síndrome de down, coordenados pela FBASD, tiveram um alcance sem precedente, possibilitando que pela primeira vez pessoas com síndrome de Down subissem à tribuna da Câmara Federal e falassem por si próprios, defendendo seus direitos. Um dos oradores foi Breno Viola, que aproveitou a ocasião para lancar sua candidatura à Presidência da FBASD.

Abaixo alguns trechos de seu discurso na Câmara:

Breno Viola agradeceu pelo excelente trabalho realizado pelo Ministério da Educação nos últimos anos. "Nós temos talento! Sempre defendemos a autonomia; acho que é chegado o momento de uma pessoa com deficiência assumir a presidência da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down (FBASD)", concluiu Breno, conclamando no plenário da Câmara o grito "1, 2,
3, 4, 5 mil... queremos a inclusão nos quatro cantos do Brasil".


Representante da FBASD, Breno Viola, questionou o comportamento, por vezes, protetor dos pais que não buscam os meios para promover a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade. "Acho que precisamos mostrar o talento das pessoas com deficiência. Por quê? Porque a exclusão começa em casa. Sei que uma mãe ama seus filhos, mas às vezes tem medo de nos mostrar para a sociedade do nosso Brasil. Para que sejamos incluídos, precisamos dizer para a nossa mãe: Mãe, se você morrer, o que será da gente?", indagou.

O judoca, carioca, Breno Viola, 30 anos, é uma das pessoas que quer conquistar seus direitos. "Precisamos mostrar o talento das pessoas com deficiência. Chega! A gente precisa acabar com este preconceito. A legislação brasileira tem que sair do papel. Todo o deficiente merece estar em escola pública e ser cidadão".

Breno Viola esteve ao lado de Claudia Grabois em varios eventos da Federação e sempre teve a palavra. Foi delegado da Conferência de Educação e mereceu atenção até do Presidente da República.

Eu estive com ele no Rio em abril. Ele me falou de sua intenção e pediu que eu o apoiasse. Disse a ele o que eu penso - para mim Breno sempre foi um potencial candidato e a meu ver não há nada mais adequado do que uma pessoa com SD ocupar a Presidencia da FBASD. Breno reúne na mesma pessoa três qualidades essenciais para um cargo como este - é bom orador, pensa na coletividade e tem talento político. Não consigo imaginar ninguém que tenha mais predicados do que ele para representar a FBASD. Acho que temos muita sorte que ele esteja disposto a
disputar essa eleição.

Espero que o candidato Breno Viola receba o apoio daqueles que reconhecem a importância do protagonismo das pessoas com deficiência na luta pelo exercício de seus direitos e queiram transferir para suas mãos as decisões sobre seu próprio futuro.

Abracos inclusivos,

Patricia Almeida
Instituto MetaSocial
Inclusive - Inclusão e Cidadania

Breno Viola é carioca, tem 30 anos e é Faixa preta de judô. Foi Prêmio 100 Mais Brasil 2006, Prêmio Sentidos 2007, entre muitas outras coisas. Para quem quer conhecê-lo melhor, abaixo seguem alguns links de videos e matérias sobre ele publicadas na internet.

"Nós somos pessoas comuns e queremos igualdade. Se nos derem uma oportunidade
mostraremos que somos capazes de fazer muito mais", afirmou Breno

Breno no debate de O Globo

Breno Viola, de 24 anos, por exemplo, além de falar do preconceito que sofreu dos pais de uma ex-namorada, aproveitou para pedir ajuda da platéia para patrocinar um viagem para a Inglaterra, onde participará de uma campeonato de lutas marciais. Bem-humorado, Breno arrancou risos do público e acabou recebendo o convite para se sentar à mesa dos debatedores.

1 comentários:

Anônimo disse...

Déia, vc é demais mesmo amiga..........eu aprendo muito com vc viu,,,.....inclusive a compreender os diversos sorriso e as diferentes formas de amor....sou sua fã.
Vanessa

30 de maio de 2010 17:40

Postar um comentário