sábado, 13 de agosto de 2011

Dia dos Pais

Como é difícil passar impune por datas como esta... nem sei ao certo como ou o que falar... iniciei o ano tão cheia de esperanças, junto a você no reveillón... passou o baile de formatura, onde dançamos juntos as três valsas, e de repente veio aquela enchente doida, fazendo uma limpeza geral na parte material de minha vida, um susto absurdo, mas eu tinha você do meu lado, apoiando, dando força, não deixando que eu caísse. Quando tudo parecia entrar nos eixos, você de repente adoece, mas sem perder a Fé em nenhum instante, acreditando realmente que iria ficar bom, mais uma vez não deixava que eu baqueasse. Mas, apesar de nossas crenças, você partiu... faz três meses já, e ainda parece que foi ontem.

Já disse aqui algumas vezes, estou bem no geral, mas essa ferida insiste em não cicatrizar... sinto MUITA saudade de você. Muita mesmo!

No dia que a Milla partiu, eu pude lhe abraçar quase na hora de acordar, de forma tão real e tão intensa, e só depois fui entender que estava ali, dizendo para mim que não estava só, que eu podia ter certeza de seu colo em mais um momento difícil que eu passaria em minha vida. Você estava comigo, como sempre.

E eu sei disso, pai, sei mesmo. Mas o que eu posso fazer se sou humana e sinto falta da voz, do contato físico? Tantas e tantas vezes quero ligar, ir à sua casa, falar com você... ouvir você, receber seu abraço... é mais forte do que eu! Hoje (ou melhor, daqui a pouco) é Dia dos Pais, e pela primeira vez na vida não poderei estar com você... mas quero que saiba que não esqueci, que em momento algum deixei de lembrar de você e de acreditar que sou uma privilegiada que teve a benção de nascer na melhor família do mundo, com a melhor mãe e o melhor pai que alguém poderia sonhar.

Não posso lhe dar um presente, mas posso deixar aqui uma homenagem... a sua música preferida, na voz daquela que lhe arrepiava quando cantava... New York, New York por Liza Minelli!

Um Feliz Dia dos Pais, pai! Onde você estiver. "Nunca se esqueça, nem um segundo, que eu tenho o amor maior do mundo... como é grande o meu amor por você!"

EU TE AMO!!!

Andréa

1 comentários:

Jaque disse...

Não consigo ler tudo. Choro.
Que Deus lhe dê forças nestes momentos tão difíceis.
Um beijo,
Jaque Bampi

14 de agosto de 2011 14:45

Postar um comentário