domingo, 2 de janeiro de 2011

Quem disse que eles não podem?


Hoje vou trazer para vocês três dicas diferentes, mas todas relacionadas à inclusão. Não sei se já sabem, mas há dois filmes sendo rodados com atores e atrizes com síndrome de Down. O primeiro é "Colegas, o filme", que conta com a presença de Breno Viola, além do casal Rita e Ariel, e que deve chegar aos cinemas na segunda metade deste ano. Pela sinopse o filme promete!

"Colegas é um filme que aborda de forma inocente e poética coisas simples da vida através dos olhos de três jovens com síndrome de Down. São eles: Stalone, Aninha e Márcio, colegas que se comunicam basicamente através de frases célebres de cinema, resultado dos anos em que trabalharam na videoteca do Instituto Madre Tereza, local onde vivem.

Um dia, inspirados pelo filme Thelma & Louise, resolvem fugir no carro velho do jardineiro (Lima Duarte) em busca de seus sonhos: Stalone quer ver o mar, Marcio quer voar e Aninha busca um marido pra se casar. Nessa viagem, enquanto experimentam o sabor da liberdade, envolvem-se em inúmeras confusões e aventuras como se a vida não passasse de uma eterna brincadeira."

O outro filme chama-se "Cromossomo 21", protagonizado por Adriele Lopes Pelentir e Luís Fernando Irgang, contando ainda com a minha querida Fernanda Honorato, e que promete ser uma linda história de amor!

"Sabe aqueles romances que você torce para que o casal acabe junto no final? Pois é. Mas agora pense em um casal fora dos padrões da sociedade. Vitória( Adriele Lopes Pelentir) é uma garota qualquer. Pratica natação, toca piano, vai à faculdade, freqüenta baladas. A única diferença é que possui um cromossomo a mais. E isso fez com que ela nascesse com síndrome de Down. Na trama, Vitória conhece Afonso (Luís Fernando Irgang), um garoto normal. Até aí, nada parece estranho. Até que eles se apaixonam. O fio condutor da história é o amor entre duas pessoas diferentes. Só que neste contexto, o filme explora o universo dos portadores da síndrome de down. O desejo de amar, desejar, construir uma família e viver de forma independente, como ambos anseiam viver."

Estou doidinha para assistir a ambos, e LÓGICO... aviso vocês assim que forem lançados!

A última dica é se um livro, "Nunca deixe de sonhar!", de autoria de Vinícius Ergang Streda e Carina Streda, que relata as experiências de vida de um jovem com síndrome de Down, trazendo reflexões sobre a inclusão. No blog tem um vídeo, de uma visita feita pelo Vinícius à Apae de Passo Fundo (RS). Ainda não li o livro, mas já entrei em contato com eles, porque quero fazer isso o quanto antes!

Bom, falando em livro, não posso deixar de falar de "Liane, mulher como todas", de Liane Martins Collares (tá, eram três dicas, mas foram quatro! :D), que conta sua luta como mulher nascida com síndrome de Down, trazendo relatos de familiares e amigos, e emocionando do começo ao fim! Este eu já li e posso falar sem medo!

Eu volto!

Andréa

1 comentários:

Luciene disse...

Andrea, adorei o seu blog!!! Tá lindo e repleto de informações muito interessantes e importantes, sobretudo pra nós, pais especiais! Parabéns! Um grande beijo! Luciene, mãe da Mariana

2 de janeiro de 2011 14:41

Postar um comentário